Livros

Resenha ~ Em Algum Lugar nas Estrelas – Clare Vanderpool

Li em algum lugar que “Em Algum Lugar nas Estrelas” é uma daquelas histórias para ser passadas de pais para filhos. E concordo. Este foi o meu primeiro contato com um livro publicado pela editora Dark Side Books. E foi muito positivo.  A experiência foi totalmente diferente da qual imaginei.

Em Algum Lugar nas Estrelas  foi uma história marcante em todos os sentidos. Daquelas que a gente guarda para sempre na alma. O livro é cheio de frases marcantes e a história é muito mais do que as aventuras de dois meninos na casa dos 12 anos. São lições para a vida.

Clare Vanderpool tem uma escrita incrível, daquelas que te prendem do início ao fim. Ela consegue mesclar na mesma história ficção e realidade, de alguma forma que ambos os mundos estão entrelaçados.

Durante o livros somos apresentados a Jackie Baker e Early Auden. Os dois meninos, embora pareçam muito diferentes, tem alguns pontos em comum. A começar, ambos sofreram perdas irreparáveis e estão perdidos no mundo.

A história começa um pouco parada. Senti a narrativa demorar a desenrolar. Porém, de repente me vi presa na aventura dos dois meninos. As primeiras páginas servem para nos ambientar, sermos apresentado a Jackie e Early e sabermos os dramas que eles vivem.

Jackie é um menino do Kansas que perdeu a mãe. o pai dele estava ausente e voltou para casa para o funeral. Ele era um militar da Marinha que voltava da guerra. O menino se vê tendo que viver sob o mesmo teto de um homem que julga ser um completo desconhecido.

Como o comandante Baker tem que voltar ao trabalho, ele manda o filho para um colégio interno somente para rapazes, no Maine. E é lá que ele conhece Early, um menino peculiar e diferente de todos os outros que frequentavam aquela escola.

Early é um gênio da matemática e apaixonado pelo Pi. Ele é diferente de qualquer outro garoto, pois consegue ver cores, histórias e texturas, por exemplo, através dos números. E é então que somos apresentados à história de Pi. A partir desta parte, a autora insere na narrativa capítulos dedicados à história de Pi, da forma como Early conta a Jackie.

Durante as férias de outono, os dois meninos partem para uma jornada. E vários pontos da histórias de Pi passam a serem confundidos com as experiências de ambos. E aí passamos a não saber mais o que é realidade ou ficção.

Muito mais do que a história de dois garotos indo atrás de algo, a autora passa a mensagem de que os meninos buscam encontrar seus lugares no mundo. Jackie e Early vão a uma jornada de auto conhecimento e voltam da trilha mais crescidos de quando entraram na floresta. Eles passam a entender que todos temos marcas e fardos que carregamos durante toda uma vida, e que somos moldados por tudo o que vivemos. Todos somos únicos e especiais. Cada um de nós tem uma linguagem própria e uma forma de se expressar.

Em Algum Lugar nas Estrelas é uma história encantadora, que vai te deixar com um gostinho de quero mais. Você vai olhar de forma diferente as coisas ao seu redor.

Você também pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *