Livros

Misery, de Stephen King | Resenha

É difícil encontrar uma pessoa que fale mal de Misery, Louca Obsessão de Stephen King. E essa foi uma das razões de eu ter escolhido a obra como uma das leituras de março de 2021. Não foi difícil entender por que este livro é tão queridinho de muita gente.

Claro que eu já havia lido – ou pelo menos tentado ler – outros livros de Stephen King. O primeiro que eu li do autor foi Sobre a Escrita e é um prato cheio para quem está tentando se arriscar na arte de escrever. Afinal, sem muitos rodeios, o autor revela e compartilha os hábitos de escrita e dá dicas para autores principiantes.

Assista o vídeo abaixo para saber um pouco mais Sobre a Escrita.

Porém, tentei outros livros do autor, que não deu muito certo para mim. Iniciei a leitura de O Cemitério, mas não consegui terminar a história. Para mim, em alguns momentos o autor foi bastante prolixo e também, porque eu li poucos dias antes de assistir ao remake do filme… Então meio que ao assistir ao filme, perdi a vontade de continuar a leitura da obra.

Contudo, em Misery foi diferente. Foi surto atrás de surto do início ao fim da história. Stephen King conseguiu me prender e me fez querer saber o que estava por trás da história do Paul e da Annie.

Enfim… Nesta narrativa nós vamos conhecer a história de Paul, um famoso escritor – conhecido por escrever uma série de livros chamada Misery. Ele acaba sofrendo um acidente de carro e é “resgatado” por Annie, que se diz fã número um do autor.

Misery, uma ex-enfermeira leva Paul para casa e, em um primeiro momento, a gente acaba pensando que ela está cuidando do autor. Nada disso. Annie é fã da série Misery e não gostou nem um pouco sobre como a série termina. Assim, obriga Paul a reescrever a história para que fique da maneira como ela quer.

E é basicamente assim que o livro transcorre. Além da história dos dois, Stephen King nos traz pinceladas sobre o processo de escrita, além de uma história de terror/suspense muito bem escrita. Simplesmente amei a narrativa e fui muito surpreendida em vários momentos.

Vale super a leitura.

Você também pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *